Search
Close this search box.

Tierry honra histórico de hitmaker com gravação de DVD inédito no Rio

Ele criou uma nova linguagem na música, o “Tierrismo”, é autor de canções consagradas nas vozes de Ivete Sangalo, Luan Santana, Marília Mendonça, Alok, Gusttavo Lima e Wesley Safadão, entre outros ídolos nacionais. E com um currículo de quem conquistou o Brasil de ponta a ponta, Tierry anuncia a gravação de um novo DVD no Rio de Janeiro, cidade que sempre o acolheu especialmente bem, no próximo dia 15, no Espaço Hall, na Barra.

A ocasião reserva alta expectativa para grandes encontros. Entre os convidados da vez, o músico recebe a dupla Zé Neto e Cristiano, com quem canta “Vira-Lata Caramelo”, Léo Santana, com quem engata “Long Neck” e Belo, seu par em um dueto que traz nova leitura a “Coração de Espelho”, e também em “Intriga da Oposição”, do repertório do convidado. Com MC Ryan, divide vozes em “Terror da PrevidÊncia”.

São 12 músicas inéditas e um pout-porri de grandes sucessos que inclui “Hackearam-me”, “Cabeça Branca”, “Lá Ele”, “Cracudo” e “Disco Arranhado”, entre outros de seus tantos hits.

A playlist das novas canções vem do álbum que Tierry lança pouco antes da gravação do DVD, batizado como “Volta, as Crianças Sentem a Sua Falta”, “um projeto que eu sempre quis lançar”, conta o cantor. “É uma continuação do ‘disco da Rita’, “ Saudade da Mãe dos Meninos’. A temática é essa: uma casa que foi revirada quando ela foi embora e um cara querendo que ela volte”, completa.
A direção é assinada pelo próprio Tierry, em parceria com Renato Morais, da Work Show. Tierry também empresta seus créditos à produção, ao lado de Matheus Kennedy e Alê Alves. Na arte, Breno Matos.

O DVD que vem aí promete fazer jus à sofrência que tão bem o representa, mas também prevê uma farrinha para mostrar que o segredo é saber rir de tudo. Sendo assim, terá um show à parte de coreografia com balé, obra de Carla Bruno.

Histórico
Dono de um batismo artístico criado a partir do histórico bem-sucedido de suas canções, Tierre virou Tierry por conta da referência que o chamava como “o Rei dos hits”. O número de seguidores e execuções de suas composições e interpretações não desmentem essa origem: cerca de 3 bilhões de views no Youtube, no Spotify mais de 700 milhões, além de figurar entre os mais tocados do Brasil.

Em 2020, foi o compositor da canção mais tocada do ano, “Cem Mil”, na voz de Gusttavo Lima. São suas também “Os Anjos Cantam”, com Jorge e Mateus, e “Senha do Celular”, de Henrique e Diego, como “Agora eu me Curei”, gravada por Safadão, e “O que é O que é”, por Marília Mendonça, sem falar em “Choque Térmico”, com Luan Santana, e “Dançando”, interpretada por Ivete Sangalo. E dele por ele temos hits e mais hits. Na linguagem proposta por Tierry dentro do “Tierrismo”, as súplicas pela volta da mulher que maltratou e abandonou o sujeito apaixonado pautam vários sucessos, com versos que pedem “volta, Rita, sua desgramada, volta, que eu perdoo a facada” –no sentido mais do que figurado, que fique claro. E em todos os sentidos, Tierry é dono de letras, voz, versos e melodias, daí o título “Pai das Crianças”.

#ToNaMidia #ClaudeLopes #Tierry #EspaçoHall

COMPARTILHE
SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS

Leita também

a) Cole no código-fonte do seu site, próximo à parte inferior, pouco antes, ex: da mesma forma que você insere o script/código do google analytics. b) Caso você esteja usando banners, você também precisa adicionar a tag: