Thiago Holanda comemora indicação de trabalho autoral ao Grammy Latino 2021

foi divulgada a lista de artistas que concorrem nas 53 categorias da 22ª edição do Grammy Latino 2021. Entre os cinco álbuns que disputam o prêmio na categoria Música Popular Brasileira está “Tempo de Viver”, de Thiago Holanda. Eclético, com tempero musical que mistura a sonoridade do Nordeste, o samba típico do Rio de Janeiro, jazz e bossa nova, o disco chamou atenção internacional e despontou na lista aguardada anualmente por músicos de toda a América Latina.

Thiago surge no cenário musical como um dos representantes da nova safra da MPB. O carioca de 38 anos, que nasceu em Copacabana e hoje tem o musical bairro de Vila Isabel como sua casa, apresentou “Tempo de Viver” ao público no meio de 2020. “Nunca se consumiu tanta arte quanto neste período de quarentena. Minhas músicas propõem uma reflexão sobre a vida”, explica. Generoso, Thiago acredita que a indicação ao Grammy Latino não é uma vitória só dele: “Divido com músicos, cantores e cantoras que têm surgido nesta temporada”.

“Tempo de Viver” conta com cinco faixas. O viés nordestino é percebido em “Similitude”. “Trem do Tempo” mostra a conexão de Thiago com o samba carioca. Ele traz romantismo na canção “Sem entender”, com irretocável apresentação em piano e voz. O cantor faz a junção da música clássica com a bossa nova em “Brisa”, que conta com a participação especial da St. Petersburg Studio Orchestra, gravada na Rússia. “Linha do Equador”, de Caetano Veloso e Djavan, é a única música que não tem a assinatura de Thiago na composição. Mas aparece com versão jazzística que se torna uma grata surpresa para os ouvintes. A produção e direção do álbum é do pianista e arranjador, Adriano Souza, músico de consagrados cantores como Paulinho da Viola e Emílio Santiago.

A satisfação de Thiago Holanda ao ver “Tempo de Viver” entre os indicados ao Grammy Latino 2021, vem também pelo fato deste ser um trabalho (praticamente) todo autoral. “Gratidão, orgulho e alegria. É um sentimento incrível. Minhas composições são frutos de momentos muito marcantes da minha vida”, conta.

Quando fala sobre referências musicais, Thiago demonstra conhecimento e amplitude em suas fontes artísticas. Para dividir um dueto, ele enumera algumas (grandes) opções: “Entre os brasileiros, gostaria de gravar com Djavan, Milton Nascimento e Rosa Passos. Ela é dona de uma beleza musical e carrega sentimento em suas interpretações”. No lado internacional, ele destaca o cantor e pianista inglês, Jammie Cullum.

A cerimônia do Grammy Latino 2021 acontece no dia 18 de novembro, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

#ToNaMidia #ClaudeLopes #ThiagoHolanda #GrammyLatino2021 #TremDoTempo

 

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS

Leita também