Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /home/tonamidi/public_html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /home/tonamidi/public_html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /home/tonamidi/public_html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /home/tonamidi/public_html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36
TÔ NA MÍDIA

Taïs Reganelli lança single autoral batizado por Adriana Calcanhotto


Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /home/tonamidi/public_html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Foi durante o curso “Como escrever canções“, na Universidade de Coimbra, que Taïs Reganelli teve uma canção batizada por Adriana Calcanhotto. Em uma de suas orientações a respeito dos títulos das composições, a artista brasileira sugeriu o nome “Como Um Último Beijo” para a música composta por Taïs em parceria com a pernambucana Nuria Mallena. Com distribuição do selo Loop Discos, a faixa chega ao mercado fonográfico , acompanhada do clipe dirigido por Juliano Luccas. 

“A canção nasceu da ideia de desconstrução dos términos, começos e até recomeços das relações. O fim pode ser bom e o início ruim, ou vice-versa. As coisas não precisam durar para sempre para serem maravilhosas. Então, que sejam eternas enquanto durem, parafraseando o poetinha”, explica Taïs Reganelli, que destaca que praticamente todas as frases da canção podem ser interpretadas de maneira positiva ou negativa. “Resolvi convidar Nuria para finalizar a canção comigo. A contribuição dela foi fundamental”, completa a artista. 

Além de ter produzido “Como Um Último Beijo”, Pablo Lapidusas fez os arranjos da canção e tocou piano. Gilles Cardoni colaborou com a programação e, também, tocando guitarra. A mixagem é de Marcelo Cecchi, do Estúdio Síncopa, de Campinas.

Morando em Portugal, o diretor do clipe, Juliano Luccas, pensou em trabalhar com imagens que remetessem às memórias manchadas pelo tempo e, por conta da pandemia da Covid-19, decidiu usar também projeções. “A partir desse conceito, foi deixar a Taïs solta, na sua vida cotidiana, e projetar a outra pessoa nos mesmos ambientes, tornando-os próximos, sem estarem de fato”, explica. Coube ao ator e diretor de fotografia Kassius Trindade, que vive no Brasil, interpretar essa outra pessoa e contracenar à distância com Taïs. 

A trilha da vida de Taïs Reganelli nunca pertenceu a apenas um lugar no mundo. Filha de pais brasileiros, mas nascida e criada na Suíça até os nove anos, morou no Brasil por 27 anos (com direito, no meio, a uma estadia por dois anos na Itália) e vive desde 2017 em Portugal. A cantora e compositora é dona de uma voz aveludada e possui um trabalho autoral consistente, com quatro álbuns e dois singles lançados. Ganhou inúmeros prêmios em festivais e foi indicada quatro vezes ao Prêmio da Música Brasileira, nas categorias “Revelação”, “Melhor Cantora”, “Melhor Álbum” e, também, “Melhor Álbum Infantil”. Circulou em turnês por boa parte do Brasil, bem como pela América Latina e por alguns países da Europa. 

#ToNaMidia #ClaudeLopes #TaisReganelli #ComoEscreverCancoes

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS

Leita também