Paulo Ricardo está proibido de cantar clássicos do ‘RPM’

Justiça Federal impediu o cantor de usar marcas relacionadas à banda, o vocalista ainda terá de pagar uma indenização de R$ 112 mil aos ex-colegas. É o que está decretado pela juíza Elaine Faria Evaristo, da 20ª Vara Cível de São Paulo. Paulo Ricardo não pode usar nada relacionado marca “RPM”, banda formada por ele … Ler mais