“Som de CaXu” o reggae de ‘Arthur Xará’ longe do mar e bem perto do mato

Quem nunca passou um fim de tarde, com aquele pôr-do-sol maravilhoso e um bom reggae como trilha sonora? O litoral parece respirar o estilo musical, que acabou por trazer até uma subvertente: a “surf music”. O fato é que cada vez mais artistas puxam um estilo de vida para mais próximo do seu contexto. É o caso do mineiro Arthur Xará, que tem previsto para este ano uma série de lançamentos para provar que o reggae music também combina com o interior do país!

O EP “Som de CaXu” traz 3 singles e 3 vídeos sensacionais gravados em uma Cachoeira! Não tem como não sentir a energia boa ao assistir os vídeos… as músicas estão em formato mais acústico e são puro feeling e alto astral, perfeitas para serem o tema do seu verão. Os lançamentos são: “CaXu de Tarde”, “Deu Bão” e “Tá Tudo Bem”.

Além do cenário já trazer á tona a mineiridade – gravado na Cachoeira de Mandaguari, em Indianópolis-MG – vale reparar no linguajar das composições, com gírias locais, como escancarado em “Deu Bão”: um refrão bem chiclete com gíria entre os amantes de futebol, somado a um beat envolve. Vai ficar muito difícil ir para uma cachoeira agora e não cantarolar “Caxu de Tarde” ou usar a faixa como trilha ao postar algo nas redes sociais, mais uma prova que o reggae também faz parte das Serras, Chapadas, áreas de camping e um bom luau com fogueira.

Ainda sem perder o timing dos fatos recentes, “Tá tudo bem” traz de forma muito leve o tema da autocobrança que muitos devem estar passando durante período de pandemia. “Está sendo um período difícil para muitos trabalhadores, principalmente para nós artistas. Um mix de indecisão, reflexão…e embora exista grande pressão interna para se aproveitar esse tempo em casa, o tempo consigo mesmo, também está ok caso aproveite esse tempo em paz, sem produzir nada, se conhecendo, se entendendo. Não se culpe tanto.”, diz Arthur Xará. Uma música minimalista para fazer arrepiar a quem ouvir. Um ukulele com beat! Uma letra direta de fácil identificação. Com certeza você já se pegou pensando nisso!

Após este EP, Arthur Xará ainda promete o lançamento de mais um DVD – o segundo em sua carreira – e mais um disco cheio, tudo para 2021! Uma trilogia interessante para a nova cena reggae nacional, e que com certeza merece um olhar atento!

Sobre Arthur Xará
O mineirês leve, sorridente e cheio de afago. Arthur Xará vem se destacando por sua mensagem astral. É talvez o único artista de pop reggae de MG com um DVD, e em breve com dois! Só para 2021 tem previsto os trabalhos audiovisuais: “A Casa é o Cerrado” (7 faixas), “Som de CaXu” (3 faixas) e “Som de Fogueira” (12 faixas), uma trilogia para provar que o reggae também é vem do interior, é mineiro, e não somente litorâneo, praiano. Uma ode à valorização do Cerrado das Minas Gerais.
Seu excelente relacionamento com artistas do gênero permitiu convites em seus shows como Gabriel, O Pensador, Tati Portella (Chimarruts), Marceleza (Maskavo) e teve seu single “Nega” produzido pela banda Maneva. Seu single “Entendeu?” atingiu a incrível marca de 100mil plays no Spotify em um mês, chegando a ser veiculado no Multishow, Bis, MusicBox e Rede Minas.
Emanando amor e boas atitudes da vida, sua música amplifica o cerrado: um ótimo show para trazer boas energias!

 

#ToNaMidia #ClaudeLopes #ArturXara #SomDeCaxu

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS

Leia Também