Rodrigo Vechi e Leonardo Miggiorin “Nunca Pare de Sonhar” homenagem a Gonzaguinha

Há trinta anos, Gonzaguinha partia dessa existência, vítima de um acidente automobilístico, em 29 de abril de 1991. Sua poesia reverbera até hoje e seus versos parecem escritos para esse momento. Fica aqui nossa homenagem, minha e de Leo Miggiorin, a esse compositor de quem somos eternos aprendizes” – explica Vechi.

Rodrigo Vechi e Leonardo Miggiorin são amigos e parceiros há tempos.  Já trabalharam juntos na cena teatral paulistana e durante a pandemia gravaram outros dois duetos “Tudo com você” (Lulu Santos) e “Divino Maravilhoso” (Gilberto Gil e Caetano Veloso).

Rodrigo Vechi é um grande artista, um cara extremamente culto, interessado. Trabalhamos juntos em uma montagem de teatro, ele fez os arranjos para algumas letras do Bertold Brecht em “Aquele que Diz Sim, Aquele que Diz Não”. Por uma feliz coincidência, é meu vizinho e isso nos permite ter mais acesso durante a quarentena. A gente acaba trocando muito, criando junto, se exercitando junto. Eu gosto muito de estudar com ele, é uma pessoa que admiro demais” – declara Miggiorin

“Para não ter medo que esse tempo vai passar. Não se desespere e nem pare de sonhar. Nunca se entregue, nasça sempre com as manhãs. Fé na vida, fé no homem, fé no que virá.” (Gonzaguinha).

#ToNaMidia #ClaudeLopes #RodrigoVechi #LeonardoMiggiorin #NuncaPareDeSonhar

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS

Leita também