Retomada com força: Eli Iwasa é atração do Rock in Rio e dos principais festivais do país

Confirmada em outros grandes festivais pelo Brasil em 2022, uma das maiores DJs do país consagra mais um ano em grandes palcos, sendo atração do New Dance Order pela segunda vez

Inaugurado na edição de 2019, o New Dance Order — palco eletrônico expandido e reformulado do Rock in Rio — receberá mais uma vez Eli Iwasa. A artista foi anunciada nesta quarta-feira como atração de 11 de setembro, dia do fechamento do festival.

Iwasa será a penúltima atração, apresentando-se em horário nobre, à meia-noite; depois dela, ANNA encerra a festa a partir das 02h. Na data, o palco terá lineup 100% feminino, escalando também Mary Olivetti (16h), Aline Rocha (18h), Anabel Englund (19h30), Ella de Vuono (20h30) e BLOND:ISH (22h30).

“Chegar aos festivais é um momento significativo para muitos artistas. Para mim, representa a realização de uma jornada de muitos anos, aquele sentimento de ‘cheguei lá’. O Rock in Rio faz parte do imaginário de todo brasileiro, é o maior festival do país e um dos maiores do mundo — aquele em que eu assistia a meus ídolos pela TV e pensava que era algo inatingível. Fazer parte do evento é um privilégio reservado a poucos, e é uma sensação maravilhosa voltar, depois de um dos dias mais felizes (e intensos!) da minha vida em 2019”, resume Eli.

Estar no Rock in Rio simboliza muita coisa, não só para mim, mas para minha família, para a cena do interior de São Paulo, para as mulheres, para as asiáticas. Carrego um pouco de todas as nossas lutas e sonhos para aquele palco. E como é bom sonhar, como sonhei um dia quando pequeninha, e poder realizar!“, complementa.

Quando tocou no RiR pela primeira vez, a DJ afirmou estar vivendo o ano mais incrível da sua vida, tendo levado o seu techno a dez grandes festivais, incluindo estreias em eventos como Time Warp Brasil, Photon (de Ben Klock) e Gop Tun. Em 2020, veio a pandemia, paralisando o mercado de eventos por praticamente dois anos.

Agora, ainda que em um cenário de incertezas e restrições, 2022 tem tudo para igualar 2019 na carreira de Iwasa, já que ela também é atração das novas edições de outros seis festivais até o momento: 

O mineiro Arapuca Belô, que vai rolar neste sábado, 12 de março, na Esplanada do Mineirão, em Belo Horizonte, cujo palco eletrônico terá ainda nomes como Barja, Chapeleiro, FractaLL, Holt88 e ILLUSIONIZE;

Warung Day Festival, evento com o qual Eli nutre relação de longa data, que está chegando à sua sétima edição no dia 09 de abril, na consagrada Pedreira Paulo Leminski, em Curitiba, com atrações do calibre de The Blessed Madonna, Jan Blomqvist, Len Faki e Marcel Dettmann;

Time Warp Brasil, cuja terceira edição está programada para os dias 06 e 07 de maio, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, com nomes como ARTBAT, Folamour, Giorgia Angiuli, Kölsch e Sven Väth (Eli toca no dia 07); 

TRIBE, que vai celebrar os seus 20 anos no dia 14 de maio, na Arena Maeda, em Itu.

O retorno do Playground Festival depois de quatro anos, também na Arena Maeda, no dia 16 de julho, com mais de 80 artistas distribuídos em cinco palcos;

e a XXXPerience Curitiba, que está agendada para um dia antes do palco de Iwasa no Rock in Rio (10 de setembro).

Além disso, Eli apresentou-se recentemente no CarnaVibe, que teve sua quinta edição no último dia 19, pela primeira vez na Fazenda 4 Corações, no Paraná (além dela, DJs como Bervon, BLANCAh, D-Nox, L_cio e Wehbba estiveram presentes);

O Rock in Rio 2022 vai rolar nos dias 02, 03, 04, 08, 09, 10 e 11 de setembro.

Sobre Eli Iwasa
Quando se fala em música eletrônica nacional, Eli Iwasa é logo mencionada, seja por seu pioneirismo ou pelo feito de se manter ativa nesta cena há mais de 20 anos. Além de tocar em importantes eventos como Rock In Rio e Time Warp, Eli é sócia dos clubs Caos e 88 — localizados em Campinas e que ajudaram a moldar a cena eletrônica do interior paulista —, modelo do casting da Ford Models e vocalista no projeto paralelo Bleeping Sauce, ao lado do produtor Marco A.S.

Já foi a única jurada brasileira no Amsterdam Dance Event (maior conferência de música eletrônica do mundo, em Amsterdã) ao lado de lendas internacionais como Todd Terry, Dave Clarke e Joseph Capriati, em um concurso de produtores, e tocou na festa da label Life and Death (uma das mais icônicas do Velho Continente). Em 2019, ganhou um episódio na série “Quando Elas Tocam”, do Canal BIS, foi indicada por três anos consecutivos ao prêmio de melhor DJ do ano pelo Women’s Music Event Awards (maior premiação feminina do país) e foi votada a segunda melhor DJ no Top 100 DJane em 2020.

Durante a pandemia, se reinventou, lançou o Podcast Play, fundou a Galerìa 1212 junto aos sócios e agora começa a rodar o Brasil com o projeto inovador Closer.

@eliiwasa

#ToNaMidia #ClaudeLopes #EliIwasa RockInRio #RiR2022

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS

Leita também