Pra Ser Minha Metade

Chega
Cansei De Andar De Mão Em Mão
De Boca Em Boca
De Pular De Cama Em Cama
E Trocar De Amor
Como Quem Troca De Roupa

Chega
É Hora De Criar Raiz
Eu Já Rodei O Mundo
Tive Alguns Amores
Mas Nunca Fui Feliz

Vou Aceitar Minha Nova Realidade
E Se Preciso For
Vou Mudar De Cidade
E Procurar Alguém
Pra Ser Minha Metade

Alguém
Que Aprecie As Flores
E Os Bilhetes De Amor
Que Deixo Sobre O Travesseiro

Alguém
Que Dê Aquele Sorriso Bobo
Quando Escrevo “Eu Te Amo”
No Espelho Do Banheiro

Alguém
Que Me Ligue E Diga O Quanto É Bom
Ainda Ter No Seu Corpo Meu Cheiro
Que Durante O Dia, Me Mande Torpedos
E Que Tá Torcendo Pra Que Eu Chegue Cedo
Que A Vida Sem Mim, É Tudo Que Lhe Causa Medo.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS

Leia Também