“Nancy Hannah”, nome que define a cantora e seu primeiro álbum

A cantora e compositora Nancy Hannah está muito feliz com o lançamento do seu álbum de estreia, o EP “Nancy Hannah” com cinco singles: “Monte das Oliveiras”, “Mora em Meu Altar”, “Deus Não Mudou”, “Testemunho” e “Oh! Jerusalém”. O trabalho, que saiu pelo selo Religar Records e Warner Chappell, tem 10 faixas, sendo cinco canções inéditas e cinco playbacks. A cantora escolheu esse formato para que as pessoas possam cantar os louvores “anunciando a mensagem do Reino de Deus incentivando outras a fazerem o mesmo”.

A proposta das canções deste EP é anunciar a grandeza do sacrifício de Jesus (“Monte das Oliveiras”), falar sobre a divina e transformadora ação do Espírito Santo na vida de quem se entrega a Jesus (“Mora em Meu Altar”), lembrar a todos que Deus é o mesmo ontem, hoje e eternamente, que Ele não se enquadra a modernismos (“Deus Não Mudou”). Além disso, a canção “Testemunho” mostra que “uma pessoa que não crê em Deus mergulha em um terrível vazio espiritual”. Já a canção “Jerusalém” é sobre um aviso que Jesus entregou à Nancy em 2021, dizendo “para Jerusalém reconhecer que Ele, Jesus, é o Senhor”.

O nome Nancy é um diminutivo do nome originalmente hebraico, Hannah, cujo significado é “graciosa”, “cheia de graça”, ou simplesmente “graça” ou “favor”. Feliz, a cantora lembra que hebraico é o idioma “do nosso Senhor Jesus Cristo”. Ela faz questão de dizer que é ‘um vaso talhado pelas mãos do Senhor, nosso Deus” e que, assim, a sua história não poderia ser diferente: “Por isso, dou glórias e agradeço todo o tempo por tudo o que Ele fez, faz e fará em minha vida”.

Ela conta que o Espírito Santo a conduziu mostrando-lhe toda a sua trajetória, “com sucessos e percalços desde a infância na igreja, evangelizando e me disse: ‘Prepara-te, pois vou levar-te para os quatro cantos desta terra’. Mas Ele não disse quando e como isto aconteceria, apenas que eu aguardasse”.

Um mês depois, ela conheceu Wilson Gava, mestre em fonoaudiologia, coach vocal e artístico, professor de canto, produtor musical e apresentador: “O mestre Gava foi um enviado de Deus, no momento certo! Acreditando em meu projeto, ele transformou a minha vida, estando à frente de tudo, direcionando-me e principalmente incentivando-me, fazendo parte da minha vida como meu instrutor em tudo. Obrigada, Deus; obrigada, mestre Gava.

Nancy Hannah fez a sua primeira canção aos cinco anos. Atualmente, ela possui aproximadamente 100 composições, todas muito especiais, com mensagens do Espírito Santo, palavras de exortação, exaltação, adoração e avisos para as igrejas.

Saber de onde vim e para onde vou, sem perder minha essência e minhas raízes. Ser humilde e honesta sempre e fazer incondicionalmente o que o Pai, o Filho e o Espírito Santo me ordenarem é a minha vida. Sou conduzida e tudo que faço é para Deus e por Deus. Oro para que todas as minhas canções alcancem o coração das pessoas, levando-as para ainda mais perto de Deus, que se entreguem cada vez mais ao senhorio de Jesus Cristo, para que recebam a Salvação e vivam a vida abundante que Ele tem para nós.” (Nancy Hannah).

#tonamidia #claudelopes70 #nancyhanna #religarrecords #warnerchappell

COMPARTILHE
SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS

Leita também