‘Marco Aurélio Nogueira’ jovem celebrante dá dicas preciosas para casais escreverem seus votos de casamento

O momento de concretizar a união por meio dos votos é único. Por isso, nada mais emocionante que fazê-lo com base na história de amor do casal.

“Na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza, por todos os dias da nossa vida, até que a morte nos separe”. Apesar dos tradicionais votos de casamento carregarem um significado forte e milenar, muitos casais têm optado por substituí-los por votos personalizados, que arrancam lágrimas dos convidados e tornam a cerimônia ainda mais íntima e marcante para o casal.

O jovem celebrante Marco Aurélio, que chega a fazer mais de 100 casamentos por ano, é especialista nesse tipo de serviço e defende que o momento dos votos é um dos mais especiais e emocionantes da cerimônia. “Procuro, de uma forma leve e tranquila, sempre incentivar os noivos a deixarem a timidez de lado e viver essa emoção única que é fazer os juramentos com suas próprias palavras”.

Os votos podem ser espontâneos, recitados em versos, lidos em cartas. Não importa o jeito, de acordo com Marco, o que vale é que seja autentico e que saia do coração.

“Sempre oriento os casais, e os lembro que os votos não devem ser feitos com o intuito de impressionar os convidados. O voto é algo particular, feito e pensado no noivo ou noiva. E muito importante: é um juramento”, lembra.

Segundo o celebrante, existem duas principais falhas que os casais cometem na hora de elaborar os votos: deixar para escrever de última hora ou, no meio da pressa, deixar de criar o discurso com as próprias palavras e acabar copiando da internet. “Não que isso seja errado, mas o intuito dos votos é o casal procurar transmitir com suas próprias palavras o sentimento de estar se casando com o amor de sua vida. Afinal, o simples quando se tem amor, se torna espetacular”, garante.

Confira as dicas do celebrante para fazer um discurso emocionante, sem muita dor de cabeça, e que vai surpreender seu par:

Organização:

Tenha foco na construção e criação dos votos e não deixe pra última hora. Essa organização garantirá que tudo o que deve ser dito esteja presente no discurso, além de eliminar a pressão de escrever algo de última hora, garante Marco Aurélio.

Relembre o porquê e o percurso:

Se você é daqueles que não tem muito jeito para a escrita ou oratória, inspire-se nos momentos especiais que viveu ao lado da pessoa amada. Vale contar a história de um encontro, um momento especial ou um acontecimento marcante. “Relembre sempre o caminho que os trouxeram até o altar e sejam gratos por tudo que o amor tem os proporcionado”, incentiva o celebrante.

Leve um esboço no papel ou no celular:

A hora da cerimônia é sempre de muita emoção, por isso, para não correr o risco de esquecer, Marco Aurélio recomenda levar um esboço para que possa ter como suporte no momento da fala.

Lembre de que, menos é mais:

O voto não precisa ser um poema ou um texto super elaborado. “Ele precisa carregar apenas a essência do seu sentimento transformado em um juramento, por isso, seja sempre você na hora de se declarar para o amor de sua vida”, diz Marco.

#ToNaMidia #JovemCelebrante #MarcoAurelioNogueira

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS

Leia Também