Luli Braga provoca o olhar em seu primeiro videoclipe “Rio Abaixo do Rio”

Nascida em Manaus, Luisa Braga cresceu entre a metrópole e o contexto rural de Maués, no qual está enraizada sua linhagem familiar materna. Em ambiente familiar paterno de musicistas, recebeu os primeiros estímulos musicais ligados à cultura amazonense e à MPB que até hoje norteia seu trabalho como cantora e compositora. Em dezembro de 2020, lançou seu primeiro álbum de estúdio, intitulado “Sinuose”.

O clipe de “Rio Abaixo do Rio” foi filmado e editado por Bárbara Umbra com coreografia de Melka Franco. As cenas de Luli no rio revelam, de forma sutil, o significado do título escolhido, que por um total acaso, relembra a quase mística descoberta de um rio subterrâneo (Rio Hamza) de 6 mil quilômetros de extensão, localizado a 4 mil metros abaixo do rio Amazonas e que, assim como ele, possui foz e vazão. “As cenas do Rio Negro, tanto dentro dele quanto sobre a canoa, expressam, visualmente, a história por trás da música, que está intimamente ligada com ele. Afinal, mergulhar em águas onde quase não se enxerga o que há abaixo dos nossos próprios pés é, sem dúvidas, entregar-se aos mistérios que elas guardam, assim como a imersão nos conteúdos escondidos da nossa psique exige que estejamos em lugares onde nem sempre conseguimos enxergar com os olhos e precisamos confiar em nossos instintos“, afirma Luli.

O lançamento do clipe foi marcado para o dia 22 de abril por uma razão. Essa data marca a chegada dos portugueses em território brasileiro, fato histórico que ficou conhecido por “descobrimento” do Brasil. Na contramão do apagamento cultural e exploração ocorridos a partir deste evento, “Rio Abaixo do Rio” chega para nos fazer redescobrir o potencial cultural nortista em um uivado alto e latente.

#ToNaMidia #ClaudeLopes #LuliBraga #RioAbaixoDoRio #LuliBragaRioAbaixoDoRio

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS

Leita também