Lucas e Orelha gravam o primeiro DVD no Rio com participação de Belo, Vitinho e Marvvila

Vencedores do programa “SuperStar”, da Globo, Lucas e Orelha agora celebram uma nova conquista: primeiro DVD da dupla, formada em 2015. Os jovens da periferia baiana escolheram começar as gravações dia 24 de novembro, justamente na semana da Consciência Negra. O novo trabalho é recheado de referências, como o cenário relembrando o bairro americano do Brooklyn e a NBA, o figurino inspirado nas tradições africanas e todo balanço do ‘pagopop’, como eles chamam o ritmo cheio de brasilidade.

Estamos vivendo um momento único na nossa carreira. A gente sabe o quanto é difícil dois jovens negros terem a oportunidade de realizar sonhos em um país como o nosso. O jovem preto em busca de oportunidade precisa provar dez vezes mais que é bom naquilo que faz para conquistar espaço. Estamos rompendo um ciclo, criando um projeto grande, envolvendo pessoas incríveis para levar a nossa carreira para outro patamar”, afirma Lucas.

“São 7 anos de muita luta e adversidade, mas chegamos ao momento mais especial da nossa carreira. Sinto que a gente se encontrou musicalmente e atingimos uma maturidade artística. Trabalhamos para que outros jovens pretos se identifiquem conosco e acreditem que podem realizar os seus sonhos também. O nosso som é um conjunto de tudo isso, somos a raiz do mundo, a origem. É importante falar: sou preto, visto preto, penso preto e amo preto”, conclui Orelha.

O DVD é gravado no HZ Estúdio (RJ) e traz diversas participações especiais, como Turma do Pagode, Vitinho, Stefan Baby, Mr. Dan, Marvvila e Chininha. O cantor Belo, uma das grandes influências na carreira de Lucas e Orelha, participa de duas faixas e leva o mashup de “Pouco a Pouco”, gravada originalmente por Ferrugem, para o seu próprio repertório.

O novo trabalho, dirigido por Rafael Castilhol, também tem influências do R&B, tendência abraçada pela música brasileira nos últimos tempos. A dupla vem investindo na produção elaborada de mashups – união de trechos de diversas músicas sob o mesmo beat – com cerca de 35 vídeos poderosos lançados na Internet, que alcançaram mais de 60 milhões de views orgânicos. Essa tendência, claro, também estará no repertório.

O DVD surgiu por causa dos mashups, que chamaram atenção do mercado. Ganhamos autoridade com esse projeto e logo muita gente entrou nessa onda de uma música atrás da outra, mas nós fazemos com o mesmo beat. O estilo já existe na gringa, mas aqui no Brasil fomos os primeiros a fazer mashup, lá atrás na nossa carreira, e até a usar esse nome”, diz Lucas.

#ToNaMidia #ClaudeLopes #LucaseOrelha #Belo #Vitinho #Marvvila

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS

Leita também