Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /home/tonamidi/public_html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /home/tonamidi/public_html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /home/tonamidi/public_html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /home/tonamidi/public_html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36
TÔ NA MÍDIA

Inspirada na série “Friends”, DJ cearense Ana Jones apresenta primeira track autoral


Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /home/tonamidi/public_html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Em uma nova fase profissional, a DJ e produtora musical Ana Jones lança, no próximo dia 21, sua primeira track autoral “Friends” em parceria com DLC, pela TheWav Records

A nova track ”Friends” já está disponível para pre-save e será lançada no VA Nível 2 TheWav, que irá contar com 11 artistas, de quatro países diferentes e dez singles exclusivos. A tracklist inclui artistas como Bills, Otaky, Spectral Nature, Cappelli, Gus, George Kasradze, Daniel Vilchez, Saint Carmo e Knorst.

O novo som, criado em parceria com o DJ DLC, é composto por influências na série “Friends”. Nele, os artistas inseriram frases dos atores do famoso seriado junto com a batida, sem deixarem de marcar suas identidades no single. A parceria dos dois vem de longa data, tanto pessoal como profissionalmente, já que Ana e DLC são amigos.

“Decidimos iniciar uma track para um cantor lá do Sul que me procurou para remixar a música dele. Criamos juntos a base, mas ela não bateu com o vocal, que era comercial e destoava da base underground que desenvolvemos. Então, decidimos aproveitar a base e criar algo diferente em cima. Foi aí que tivemos a ideia de colocar um vocal diferente, relacionado a um filme ou algo do tipo. Como sou apaixonada por “Friends”, pensamos em unir essas duas paixões: o seriado e a música. Assim, encontramos uma entrevista deles no YouTube e usamos no single. Por isso o batizamos de “Friends”, em homenagem à série e à nossa amizade”, entrega Ana.

Carreira
Ana Jones é o nome artístico da Ana Cristina Abreu. Com o feeling afinado, a DJ é dona de um som marcado por techno e minimal europeu, estilo que cada vez mais se destaca pelas pistas de todo mundo, além do progressive. Com todo seu conhecimento e determinação, a cearense promete destacar cada vez mais a força das mulheres diante dos decks.

Sua paixão pela música eletrônica nasceu cedo. Participando de festas, percebeu que sua vocação seguia além de somente consumir esse movimento, mas também de viver profissional e artisticamente nesse universo artístico. “Sempre andava com um pen drive com sets prontos de outros artistas que eu gostava e fazia a festa da galera, então todo mundo falava que deveria ser DJ pelo meu feeling musical”, relembra.

Quando conheceu o DJ e produtor Du Jones, pai dos seus filhos, aprendeu a mixar e a produzir. Juntos criaram o projeto de minimal ‘Ana e Du Jones‘ e lançaram “Nanote”, a primeira track do duo pela Minimal Empire Records, label de Londres. Há pouco mais de três anos, Ana iniciou a sua carreira solo.

“Sempre andava com um pen drive com sets prontos de outros artistas que eu gostava e fazia a festa da galera, então todo mundo falava que deveria ser DJ pelo meu feeling musical”, conta Ana.

Com quase sete anos de carreira, a cearense já se apresentou no maior festival de música eletrônica do País, “Universo Paralello”, e em outros grandes festivais e clubs. Também já dividiu palco com diversos artistas, como Ekanta, Eli Iwasa, GabeChapeleiroBhaskarDoozieRockstedTouch TalkBruno Furlan e outros.

“Um evento importante que acontece em Goiânia, Goiás, o Hipnótica, me abriu as portas e me sinto honrada em ter participado da evolução do espetáculo. Sou muito grata também à festa Externa, do clube Roxy, em Goiânia, que me fez praticamente residente. Tocava lá quase todo o mês antes da pandemia”, conta.

Animando as pistas
Diferente de muitos DJs, Ana Jones toca com CD. “Para preparar minhas apresentações, seleciono tracks novas que compro pelo Beatport ou Soundeo, gravo num CD e, pelo ouvido, vou construindo o set. Opto por tocar com CD porque minha CDJ não lia pen drive. Tinha uma CDJ-200, na qual aprendi a tocar. Atualmente, tenho uma CDJ-400 e o aparelho não faz a leitura do pen drive em wav. Como tenho que preparar e passar o som na minha casa, já deixo tudo pronto nos CDs, e já sei onde encontro cada música que quero tocar. Apesar de ser meu processo habitual, consigo tocar com pen drive ou qualquer outro equipamento”, ressalta.

Clubinho Room
Ana também é fundadora do Clubinho Room, que promove shows de música eletrônica. “O Clubinho Room surgiu depois que conheci o canal Boiler Room no YouTube. O projeto londrino apresenta DJs convidados que tocam para poucas pessoas ao vivo pela internet. Sempre gostei de iniciativas diferenciadas e curti muito a ideia de ter um rolê em que o DJ fica no meio da galera. No caso do Clubinho Room, os DJs tocam presencialmente para o público. Aos poucos, quero aprimorar e ter mais tempo para me dedicar ao projeto. Adoro o conceito dele, porque é uma ação que nunca tinha visto acontecer no Brasil”, destaca.

Mulheres nos decks
A moça abre o coração para falar sobre a representatividade das mulheres no universo da música eletrônica. “A cena feminina no meio eletrônico vêm crescendo bastante. Hoje, vejo mais DJanes se destacando e mostrando seu potencial, não só nos palcos, mas também nos bastidores, como booker, manager, produtoras de eventos, entre outros. É preciso aumentar a representatividade da mulher na música eletrônica. Para isso, precisamos, antes de tudo, de mais união, apoiar umas às outras e estar cada dia mais envolvidas nesse propósito”, finaliza.

Mais novidades
O ano de 2021 trouxe novas metas para Ana Jones, que tem trabalhado em parcerias e buscado ainda mais reconhecimento nacional do projeto solo. Além do lançamento de “Friends”, a artista está preparando um EP em parceria com os DJs Cappelli e DLC que será lançado em breve. A novidade também terá o selo da TheWav Records. “Essa gravadora brasileira me abriu as portas, confiou no meu potencial e está se destacando no top 100 do Beatport com vários artistas feras”, comenta.

Outro novo projeto que promete animar os fãs de música eletrônica é uma live que a Ana gravou, em junho. A transmissão será pelo canal da artista no YouTube. “O spoiler que posso dar é que a live vai ter convidados muito especiais e um visual incrível. Gravamos com um lindo pôr do sol atrás. Fiz com muito carinho e espero que todos gostem”, afirma.

https://youtu.be/oS1CzxacEzs

#ToNaMidia #ClaudeLopes #DjCearense #AnaJonesDJ

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS

Leita também