Festival ‘Meu BB’ apresenta seleção de vídeos criados por mães artistas e seus filhos

O Festival Meu BB é um evento de protagonismo materno, uma conexão de mães artistas com seus filhos, arte e cultura. Na primeira edição on-line, o palco é delas: compositoras, cantoras e instrumentistas. Idealizado por Miriam Struz, mãe, pesquisadora e produtora audiovisual, e Nanda Piovaneli, produtora cultural, o evento tem a intenção de documentar a resistência artística materna
em tempos de pandemia.

A primeira edição do Meu BB acontece pelo Instagram, com a exibição de vídeos gravados pelas artistas em suas casas com interação de seus filhos. O Festival promove um edital com inscrições gratuitas para artistas de todo o país, no período de 08 a 18 de março. Serão selecionados 18 performances que serão premiadas. O primeiro e segundo lugar receberão prêmios nos valores de R$1.200.00 e R$800,00 respectivamente. As demais receberão um prêmio de R$400,00. Os vídeos deverão ser inéditos, produzidos exclusivamente para o festival com conteúdo autoral.

O concurso contará com um júri popular através de votação, e júri artístico, composto por três mães representativas na área cultural: Maíra Freitas (cantora, compositora e produtora musical), Karen Acioly (Idealizadora do festival FIL e diretora de espetáculos) e Mãeana (cantora e compositora). O Meu BB acontece em três etapas durante os finais de semana de março. A primeira, nos dias 12, 13 e 14, com exibição de nove vídeos criados por mães convidadas pela curadoria do Festival. A segunda será nos dias 19, 20 e 21 com exibição de mais nove performances, selecionadas a partir das inscrições no edital. A etapa final será realizada nos dias 27 e 28 de março. O primeiro e segundo lugar serão definidos por votação popular no perfil do Instagram @meubbfestival. O Festival tem como grande intuito a união entre as mães e filhos, na divulgação e valorização do trabalho artístico de mulheres, demonstrando como a maternidade e a arte podem ser vividas plenamente em ambientes diversos de criação.

O Festival foi contemplado no edital “Fomenta Festival RJ”, da Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Lei Aldir Blanc. Com a normalização das atividades pós-covid, o Festival já pensa em ações presenciais de modo mais amplo, dando continuidade ao projeto e expandindo sua atuação, sempre com o intuito de criar um ambiente cultural para mães e filhos.

#ToNaMidia #ClaudeLopes #FestivalMeuBebe #MiriamStruz #NandaPiovaneli #MairaFreitas #KarenAcioly #Maeana

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS

Leita também