DeLima Seguros
Image default
Personalidade

Famosos no Velório e Sepultamento de Mr. Catra, no Rio

Aconteceu o velório do funkeiro Mr. Catra. O corpo foi velado no Teatro João Caetano no centro do Rio de Janeiro. Zeca Pagodinho,  a gravadora RapSoulFunk e a Secretaria de Estado de Cultura foram algumas das pessoas e instituições que mandaram suas homenagens a Mr. Catra, que morreu em São Paulo. Após a cerimônia de despedida, o corpo foi sepultado no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, Zona Oeste carioca.

 

Cantor e compositor Marcelo D2 e líder da banda Planet Hemp, também só teve elogios ao falar de Mr. Catra, com quem tinha uma coincidência curiosa. “A gente tinha uma relação muito próxima e até nascemos no mesmo dia. Comemoramos umas dez vezes nossos aniversários juntos. Um dos grandes irmãos que veio da música, mas ele estava fraco, com a família toda sofrendo. Talvez fosse melhor, mesmo, ele descansar”, disse o cantor, emocionado.

 

Mais sobre Mr. Catra

Filho de Manoel e Elza Costa, nasceu e foi criado no Morro do Borel, no bairro da Tijuca, na Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro. Era filho de criação de Edgar Luiz Pinaud, primo de João Luiz Duboc Pinaud, Secretário Estadual de Direitos Humanos do Rio de Janeiro. Era pai do cantor Alandin MC.

Na década de 1980 frequentou o Colégio Pedro II (Unidade Tijuca), onde, de acordo com ele, teria atuado como líder estudantil. Participou da reabertura do Grêmio Estudantil.

Pai de 32 filhos, Catra alegava ter se convertido ao judaísmo após uma visita ao Muro das Lamentações.

Mr. Catra era formado em direito e falava cinco idiomas além do português: inglês, francês, alemão e hebraico.

Em dezembro de 2017, revelou publicamente estar enfrentando um câncer no estômago. Ele descobriu a doença no início de 2017, após sentir fortes dores e realizar um check-up de rotina. Para ele, a doença se desenvolveu pelo excesso de álcool e noites sem dormir. O cantor morreu, devido a complicações deste mesmo câncer

Você também pode curtir

Carregando....