Alexandre Pires O Baile do Nêgo Véio
Image default
Forró

Falamansa Celebra 20 Anos Ininterruptos de Carreira

Falamansa Celebra 20 Anos Ininterruptos de Carreira

A banda Falamansa tem sucessos que pontuaram a sua carreira desde 1998. É formada por Tato (voz e violão), Dezinho (triângulo e percussão), Alemão (zabumba e percussão) e Valdir do Acordeon, acompanhados por Renato Guizelini (guitarra e violão), Marcelo Calderazzo (baixo) e Carlos Ramon Montagner (bateria).

As canções como Xote dos Milagres (Tato), Rindo à Toa (Tato), Xote da Alegria (Tato), Asas (Tato), Confidências (Jorge de Altinho/Petrúcio Amorim), Lá da Alma (Tato), Chuva (Luís Carlinhos), Falamansa Song (Tato), Avisa (Tato), Solução (Tato) e Cem Anos (Tato) são a marca registrada da banda e não podem nunca faltar no repertório.

Homenagear também é o forte da banda; por isso faz parte do seu repertório um tributo ao rei Luiz Gonzaga, com pérolas como A Vida de Viajante (Luiz Gonzaga/Herve Cordovil), Asa Branca (Luiz Gonzaga/Humberto Teixeira) e Pagode Russo (Luiz Gonzaga/João Silva) e clássicos do forró Seja Como Flor (Dominguinhos/Gonzaguinha), Lamento Sertanejo, (Gilberto Gil/Dominguinhos), Isso Aqui Tá Bom Demais (Dominguinhos/Nando Cordel), Banho de Cheiro (Carlos Fernando), Festa do Interior (Moraes Moreira/Abel Silva), Morena Tropicana (Alceu Valença/Vicente Barreto) e Esperando na Janela (Manuca Almeida/Raimundo Nonato/Targino Gondim).

A Falamansa completa 20 anos de atividade ininterrupta e com a mesma formação, rompendo todos os paradigmas comuns para um grupo musical e reforça a importância da banda no cenário musical brasileiro.

Se já não bastasse essa estatística ímpar no cenário musical brasileiro, a banda ainda ostenta ao longo de todos esses anos uma fidelidade cultural sem precedentes e uma linha temática em suas letras que caminha contrária a tudo o que acontece no mercado de entretenimento nacional. Tamanha ousadia ideológica, que para muitos seria um convite ao fracasso, nas entrelinhas da Falamansa se apresenta como a fórmula do seu sucesso, fazendo de sua sonoridade algo único e mantendo sua identidade intacta e inabalável.

Na bagagem somam milhões de discos vendidos, álbuns, DVDs e Grammy Latino, além de muitas outras premiações ao longo da carreira. Tudo isso sem nenhum desvio de rota na sua proposta rítmica inicial, mantendo viva e presente a cultura brasileira do forró em seus trabalhos e sem nenhuma necessidade de apelação nas suas letras, fincando, a cada obra, mensagens de alegria, fé, motivação, amor, superação, amizade, consciência social e ambiental e prova de uma vez por todas ao atual mercado de entretenimento a máxima: o que é bom fica! Pra sempre!

Você também pode curtir

Carregando....

Login

Não tem uma conta?Criar aqui
X

Registrar