Viva Paladar
Image default
Rock

Entrevista: Banda Zé de Albuquerque

Idealizada e criada por Vinicius Barreiras, a Zé de Albuquerque é uma das grandes revelações das banda independentes da atualidade.

Com uma mescla de estilos e uma sonoridade jovem, a banda vem ganhando cada vez mais espaço na mídia e conquistando fãs por onde passa.

Nós entrevistamos seus integrantes para saber um pouco mais sobre a carreira, gostos pessoais e planos para o futuro. Confira:

Tô na mídia – Como surgiu a banda e como foi escolhido nome?   

Vinícius Barreiras (Vocalista) – A banda surgiu de várias outras bandas, projetos e experimentações que fiz ao longo da vida que me mostraram que eu não conseguiria me livrar da música não importava o quanto me esforçasse. Eu tinha muita coisa escrita,letras prontas,músicas que precisavam sair do papel,aí veio a Zé.

O nome dela não tem muito segredo,sempre fui muito ruim com escolha de nomes para bandas,porque sempre acho que eles não fazem sentido ou soam um tanto esquisitos,então quis colocar um nome próprio brasileiro. Zé era um dos mais comuns possíveis e o De Albuquerque é porque achei que um nome com sobrenome sonoramente ficaria mais legal.

TNM- Recentemente vocês lançaram no primeiro semestre de 2019 o álbum “Zé de Albuquerque” como foi o processo de criação deste álbum, desde a elaboração das letras das músicas presentes no disco até sua finalização?   

Vinicius Barreiras (vocalista)- Não foi algo linear. As músicas não foram escritas para o álbum. Na verdade foi bem o oposto disso. Eram muitas canções prontas ou quase prontas que estavam pedindo passagem e o álbum foi o meio de colocar tudo isso no mundo,quase um meio de transporte da mente pro plano físico. Graças a isso o processo de composição não foi planejado.

Estratosférica e Gaiola de Ouro por exemplo têm mais de dez anos de diferença. Gaiola escrevi pouco antes de ir a Niterói gravar o disco e Estratosférica fiz aos dezesseis anos sem sequer imaginar que viria a existir uma banda chamada Zé de Albuquerque.

TNM – Podemos esperar um videoclipe de alguma música do álbum?

Joshua (Guitarrista) –  Sim,estamos com idéias para o videoclipe de uma das músicas. Seria Quiron,mas agora entraram outras no páreo. Em breve vocês terão novidades.

TNM – Quais as principais influências musicais que a banda leva consigo? Por quê?   

Joshua (Guitarrista) Temos influências de música sertaneja que é parte do Vini. Nirvana, Red Hot, todos nós curtimos e particularmente levo Mateus Asato e Slash como inspirações.

JP (Baterista) –  A Zé tem uma lista longa de influências que vai de Luiz Gonzaga a Nirvana. Legião Urbana, Cassia Eller, Raul Seixas, The Beatles… Não faltam bandas, artistas e estilos diferentes, e todos eles influenciam a Zé na composição das melodias e ritmos. Tem quem fale que nossa banda toca MPB, mas é só ir nos nossos shows ver a gente tocar pra perceber que nosso estilo é outro, a banda está em outra sintonia. Gosto muito de MPB e isso com certeza influencia, mas pra mim a Zé de Albuquerque tem seu próprio estilo, não consigo definir como MPB nem rock-pop, quando me perguntam, eu respondo pra ir assistir nosso show e lá a gente descobre junto.

Vinícius Barreiras (Vocalista) – Eu gosto desde Pena Branca e Xavantinho a Orquestra Imperial. Influências claras na música que a gente faz,acho que Nirvana,Legião,Titãs. Bandas de Pop Rock ou Rock alternativo em geral e as bandas nacionais porque procuramos escrever letras que passam uma mensagem e não abrimos mão de fazer isso em português.

TNM – Quais são as bandas ou cantores solos que vocês querem trabalhar em conjunto?

JP (Baterista) – Eu diria que cada integrante quer uma coisa (risos). O Joshua quer trabalhar com a Supercombo, o que não parece estar tão distante. O Vinicius já está mais interessado nos grandes nomes da música brasileira, artistas solos mais do q bandas. E eu? Sinceramente, não sei, são muitos nomes que vêm a cabeça quando penso nisso….

Joshua (Guitarrista) – Eu gostaria muito de fazer algo em conjunto com o Supercombo e com o duo AnaVitória. Gosto muito desses artistas e seria uma honra imensa tocar com eles

TNM – Quais as próximas novidades que a banda já pode apresentar para os fãs nesta entrevista?  

JP (Baterista) – A Zé lançou o álbum há pouco tempo, mas nós temos músicas novas. Chegamos a tocar algumas nos shows e a reação da plateia foi ótima. No álbum ainda temos muito o que explorar em relação aos vídeos também, e já estamos marcando eventos, com casas de cultura, music clubs, e estamos planejando um show por conta própria. Queremos também convidar outras bandas pra fazer um grande evento.

Vinícius – E tem o clipe né?

JP –: Ah,sim! Queremos lançar um videoclipe ainda neste ano.

Redes sociais da banda:

Instagram: https://www.instagram.com/zedealbuquerquebanda/

Facebook: Facebook.com/zedealbuquerquebanda

Twitter: https://twitter.com/zedealbuquerque

Você também pode curtir

Carregando....