Loja TôNaMídia no Magazine
Image default
Mpb Pop

Em homenagem a Djavan, Thiago Holanda lança versão de “Linha do Equador” em seu novo álbum

O mercado de música digital recebe um novo álbum em sua rica safra de obras dedicadas a música brasileira. Trata-se do EP “Tempo de Viver”, um álbum cheio de brasilidade e ecleticidade, em uma viagem que vai desde o samba do Rio de Janeiro até o baião do Nordeste, com escala na música clássica de São Petersburgo na Rússia.

O álbum é um projeto autoral do cantor carioca Thiago Holanda. Nascido nos anos 80 no bairro de Copacabana, o jovem cantor possui forte influência do jazz em seu estilo sem deixar de expressar sua grande paixão pela música brasileira. O resultado é um fusion surpreendente de ritmos brasileiros temperados por uma boa dose de jazz.

Este álbum é o meu tributo à vida!” – declarou Holanda. Em referência à atual pandemia do coronavírus, ele destacou: “No meio da maior crise humanitária dos últimos tempos, temos a oportunidade de reaprendermos o significado da vida. Este é o tempo que Deus nos deu pra viver de uma forma que nunca imaginamos. Viver consigo mesmo, com o próximo e com Deus”, concluiu o cantor.

“Tempo de Viver” traz o samba peculiar do Rio de Janeiro na faixa “Trem do Tempo” e um fusion de baião & jazz na faixa “Similitude”. A presença russa, com a participação da St. Petersburg Studio Orchestra fica por conta da faixa “Brisa”, em um mix de música clássica com bossa nova, com arranjos do produtor e contrabaixista Fabio Aposan e do maestro e pianista Silas Palermo.

A grande surpresa do álbum é a nova versão em jazz do clássico “Linha do Equador” de Djavan, uma homenagem do cantor a um dos maiores nomes da música brasileira.

Criar esta nova versão de ‘Linha do Equador’ foi um dos meus maiores desafios musicais”, revelou o cantor. “Djavan é minha maior referência artística e musical e regravar uma música sua de tão grande relevância em nossa cultura foi uma grande responsabilidade. É minha homenagem a este gênio da nossa música. Eu espero que o público goste e ele também”, concluiu Holanda.

O álbum possui a direção musical do pianista Adriano Souza, músico de grandes nomes da MPB como Paulinho da Viola, Roberto Menescal, Cris Dellano, Emílio Santiago (in memorian) e a participação especial do baterista Rafael Barata.

#ToNaMidia #LinhaDoEquador #HomenagemADjavan #ThiagoHolanda

Você também pode curtir

Carregando....