Focar's Financiamento
Image default
Empreendorismo Estetica

Cirurgião plástico Davi Pontes é especialista em transplante capilar que não deixa cicatriz

No Dia dos Pais, dê tratamento para calvície de presente.  No segundo domingo de agosto é comemorado o Dia dos Pais. Modernos, ou tradicionais, os homens estão cada vez mais preocupados com o bem-estar e a saúde.

A falta de cabelo é uma característica que tem efeito de baixa autoestima e problemas de imagem para muitos homens. Isso porque 50% deles, em alguma fase da vida, vão passar por algum grau de calvície. Por conta disso, quem tem esse tipo de problema pode encontrar na cirurgia plástica de transplante capilar um aliado importante.


Se essas características faz você lembrar o seu paizão, uma opção diferente e exclusiva para marcar a data tão especial são os transplantes capilares. “A calvície é uma inflamação crônica no folículo capilar, que afeta principalmente os homens, geralmente de origem genética. A causa mais comum da calvície masculina é a Alopécia Androgenética. O ideal é que os homens com pais e avós com este problema, não esperem perder os cabelos para procurar tratamento. No geral, ela inicia aos 18 anos de idade e começa a estabilizar por volta dos 50 anos”, explica Davi Pontes, cirurgião plástico, especialista em transplante capilar.

O Dr. Davi, cirurgião plástico de celebridades como o cantor Leo Santana, o ator Kadu Moliterno, o escritor Braúlio Bessa, além de vários empresários do meio artístico, é expert na técnica de transplante capilar que não deixa cicatriz após procedimento, o FUE (Follicular Unit Extration). Processo no qual são coletadas unidades foliculares, fio a fio, que serão transplantados na área sem ou com pouco cabelo.


“O grande questionamento dos pacientes é com relação à cicatriz e, ao contrário do método tradicional, em que uma faixa de fios é extraída para que os pelos sejam reimplantados, no FUE eles são retirados e recolocados fio a fio na área da calvície. Promovendo um resultado mais duradouro e natural e, em alguns casos sem cicatriz linear”, esclarece o especialista.
Com a vida cada vez mais corrida e o estresse diário, o motivo para se submeter a um transplante capilar que utiliza o método FUE vai além da questão estética. O procedimento é rápido, indolor, menos agressivo e, consequentemente, o tempo de recuperação é menor, possibilitando o retorno ao trabalho e ao cotidiano em poucos dias.

“O implante é indicado quando o paciente perdeu mais de 50% da cobertura capilar. A depender da região onde será realizada a extração dos fios, pode ser necessário realizar o processo em mais de uma sessão. O procedimento é muito tranquilo, em 48h o paciente já pode usar um boné. É recomendado evitar suor excessivo, pois o sal pode irritar o couro cabeludo e causar o início de um sangramento. Para dormir, recomenda-se o uso de um travesseiro de pescoço, aqueles usados em viagens, para que o paciente não fique virando muito, evitando a remoção de algum fio. Até o cabelo crescer para servir de cobertura, por pelo menos um mês, deve evitar sol direto na cabeça”, recomendou Pontes.
Davi Pontes alerta que “Os primeiros fios começam a nascer em média após o terceiro mês. Nos primeiros seis meses podem ocorrer quedas naturais dos cabelos transplantados, logo em seguida começam a ficar evidentes os resultados estéticos satisfatórios. É muito importante manter um acompanhamento com o cirurgião nesse período. Só após um ano da realização do procedimento é que irá aparecer o resultado final”.
“Depois que o cabelo cresce, os relatos são muito satisfatórios. O implante traz uma melhoria à medida que o paciente consegue se relacionar melhor com as outras pessoas”, conclui Davi.

O Dr. Davi Pontes atende na Lipo Clínica, localizada na região mais luxuosa de Fortaleza, no bairro Meireles, com infraestrutura de muito conforto, elegância e padrão diferenciado. www.implantecapilarbrasil.com.br

#ToNaMidia #DrDaviPontes #LipoClinica

Você também pode curtir

Carregando....