Search
Close this search box.

Cearense Aydê comemora a festa junina com álbum de arrasta-pé

Contemplado na terceira edição do fomento ao forró da Secretaria Municipal de São Paulo, o novo álbum da cantora e compositora cearense Aydê celebra a tradicional festa junina, com canções temáticas inéditas e autorais e quatro releituras de canções do gênero consagradas. Intitulado “Arraiá da Aydê”, o projeto também terá um show na capital paulista e uma série de oficinas que inclui canto, forró, musicalização infantil e elaboração de projetos.

O álbum é dedicado ao ritmo arrasta-pé e destinado especialmente ao público jovem. Dentre as oito faixas, metade são autorais. Para Aydê, pode ser proveitoso para a juventude, uma vez que poucos lançamentos neste período do ano são deste gênero musical. Quanto as demais faixas, são regravações de canções já conhecidas do grande público: “Olha pro céu”, “Rindo à toa”, “Olhinhos de fogueira” e “São João na roça”. O álbum conta ainda com o lançamento de 4 videoclipes e 3 participações especiais que inclui a cantora pernambucana Vera Freitas, a cantora paulistana Neide Nazaré e o Trio Beijo de Moça.

Segundo Aydê, o projeto tem várias finalidades. Como todas as ações de “Arraiá da Aydê” serão gratuitas, ela espera, assim, democratizar o acesso à cultura e bens culturais, o que se estende também para a acessibilidade, já que o show terá intérprete LIBRAS. Outra finalidade é dar voz e fortalecer a presença feminina na música brasileira e, em especial, fortalecer a cena artística entre mulheres compositoras. Assim, a proposta de Aydê é colaborar na construção de mais diversidade dentro da música brasileira.

“Arraiá da Aydê”, é mais um capítulo na carreira desta cantora e compositora cearense, produtora cultural pelo Senac Lapa Scipião/SP e bacharel em Canto Popular pela Faculdade FMU/FIAM-FAAM. Em carreira solo desde 2018, tem onze lançamentos disponíveis nas plataformas, incluindo o álbum “Raízes” (2023), e clipes de algumas canções no Youtube.

Radicada em São Paulo, Aydê já passou por diversos e relevantes palcos brasileiros e programas de entrevistas. O engajamento da artista com seu público a fez ser indicada em 2020 e 2022 ao Prêmio Profissionais da Música (PPM), sendo finalista em três categorias.

Sua sonoridade é característica, uma vez que se baseia na mescla entre a Nova MPB e ritmos tradicionais do cancioneiro popular brasileiro, em especial, do Nordeste, como o xote, reggae, baião, cantigas de roda, e outros. Em algumas canções, essa sonoridade também carrega a força da música afro-brasileira. Quanto às letras de suas canções, Aydê se inspira em suas origens cearenses, exaltando suas lembranças e vivências. Porém, mais do que isso, as letras de Aydê são diversificadas, relatando as situações do cotidiano, com mensagens de reflexão e positividade.

#ToNaMidia #ClaudeLopes70 #CantoraAyde

COMPARTILHE
SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS

Leita também

a) Cole no código-fonte do seu site, próximo à parte inferior, pouco antes, ex: da mesma forma que você insere o script/código do google analytics. b) Caso você esteja usando banners, você também precisa adicionar a tag: