Viva Paladar
Image default
Personalidade

10ª edição do Dia do Índio no Parque Lage no RJ

Fotos Fred Pontes/Secec/Divulgação

10ª edição do Dia do Índio no Parque Lage acontece no próximo fim de semana com entrada franca, evento terá grande feira cultural e debates sobre a questão indígena.

Mais uma vez a energia da floresta vai pairar sobre o belo verde do Parque Lage, nos próximos dias 13 e 14 de abril, das 9h às 17h sábado e domingo, acontecerá o Dia do Índio no Parque Lage, evento organizado pela AIAM – Associação Indígena Aldeia Maracanã – em parceria com a EAV – Escola de Artes Visuais, com o apoio da SECEC, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa.

Com entrada franca, a edição 2019 desse que é considerado o maior evento cultural indígena do Rio de Janeiro reunirá dezenas de etnias para entoar cânticos e danças, expor e vender seu artesanato tradicional e fazer pintura corporal nos visitantes. Um excelente programa para o público carioca curtir em família e também para os turistas que estiverem pela cidade.

As cores do artesanato, o grafismo das pinturas corporais e a riqueza musical dos povos originários contam a história ancestral de muitas culturas e seus territórios. Indígenas dos povos Pataxó do Sul da Bahia, Kaingang do Rio Grande do Sul, Fulni-ô de Pernambuco, Guajajara do Maranhão, Kamayurá do Alto Xingu, os Guarani e os Puri do Rio de Janeiro, os Tukano e os Tikuna do Amazonas, os Kariri-Xocó e os Potiguara do Nordeste serão algumas das etnias presentes nessa comemoração que abre a Semana do Índio, e que contará, também, com apresentações do grupo indígena multiétnico da
Aldeia Maracanã, inclusive com rodas de contação de histórias. Indígenas Pataxó, Fulni-ô, Guarani, Guajajara, Kariri-Xocó e Tikuna farão rituais, cantos e danças.

“Cada qual aprende com outro e, assim, temos uma potência cultural a nível nacional. Representamos a cultura viva dos povos indígenas de todo Brasil”, explica Carlos Tukano, cacique da Aldeia Maracanã e presidente do CEDIND, Conselho Estadual dos Direitos Indígenas, que é originário da região do Alto Rio Negro, em São Gabriel da Cachoeira, no noroeste do Amazonas.

Entre os assuntos que irão para as mesas de debates, das 14h às 16h, na Oca Kupixawa, estão a transferência da atribuição de demarcação de terras indígenas da Funai para outras instâncias, o licenciamento ambiental de empreendimentos em terras indígenas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e a situação atual da Aldeia Maracanã.

PROGRAMAÇÃO DO DIA DO ÍNDIO NO PARQUE LAGE 2019

Sábado 13/04 e domingo 14/04
9h – Abertura da Grande Feira de Artesanato Indígena
9h às 17h – Exposição e venda de artesanato indígena tradicional
10h às 13h – Apresentações de grupos culturais indígenas na Oca Kupixawa
13h às 14h – Rodas de conversa na grande Oca Kupixawa

14h às 16h – Mesas de debate sobre a questão indígena atual na Oca Kupixawa
14h às 17h – Apresentações de grupos culturais indígenas na área da Grande Feira
17h – Roda de cantos e danças no encerramento do evento

Entrada franca

Mais informações:
Toni Lotar
Indigenista Executivo da AIAM (Associação Indígena Aldeia Maracanã
Celular/whatsapp: (21) 98881-4419
tonilotar@yahoo.com.br

@sececrj

#ToNaMidia  #ToNaMidaLive  #Coberturas #DiaDoIndio  #ParqueLage #AIAM  ##EscolaDeArtesVisuais #SECEC   #Pataxó #Kaingang #Fulni-ô #Guajajara #Kamayurá #AltoXingu #Guarani #Puri #Tukano #Tikuna #Kariri-Xocó #Potiguara #etnias

Você também pode curtir

Carregando....